Publicidade

segunda-feira, 17 de outubro de 2011 @IGMODA, ALMANAQUE DA MODA MASCULINA, DESTAQUE DA SEMANA, dicas de elegância, dicas de estilo, elegância, estilo, ETIQUETA, LULA RODRIGUES COLUNISTA DE MODA MASCULINA, lula rodrigues colunista IG Moda, moda masculina, ROUPA, roupas, roupas de homem, Trend | 23:48

DICA DA SEMANA: transforme seu terno em padrão risca-de-giz, em 4

Compartilhe: Twitter

Decidi que esta semana também será dedicada ao traje que mais resiste às mudanças no guarda-roupa masculino, o terno executivo. Ao mesmo tempo, eu garanto a vcs, que o costume (terno sem colete) é um traje confortável, até mesmo agradável de usar,  quando feito por um ótimo alfaiate, ou comprado pronto mas levando em consideração tudo o que venho ensinando aqui nesta coluna.

Acreditem se quiserem, mas nós brasileiros temos o hábito de meter o pau no terno, por conta do nosso verão tropical. Mas, aqui entre nós, nem tanto pelo calor e sim, pela possibilidade imaginada de estarmos de bermudas, chinelos e camiseta, num quiosque de cara para o mar.Caindo na real, depois de muito conversar e dar consultorias de imagem, para executivos que trabalham de terno, conclui, repito, que o problema ou sufoco sempre foi por conta de inadequação de alguns dos elementos que o compõem. Quando não é com colarinhos, é com abotoamento adequado para o seu tipo físico. Quando as calças inadequadas não infernizam o seu dia, é hora do sapato de bico fino apertado, comprado errado para os seus pés, te levar à loucura.Então vamos combinar que o tema merece mesmo destaque nesta coluna. Vale lembrar que o terno executivo também reflete o seu status e o seu poder, na empresa. Abaixo, seguindo a receita do terno preto e a do terno marinho, vamos ver as combinações de camisas e gravatas, que podem transformar seu clássico terno em padrão risca-de-giz, em 4 novos ternos, cada vez que vc trocar de camisa e gravata.

Como o próprio nome diz, o padrão risca-de-giz parece as marcas deixadas pelo giz de alfaiate num tecido liso. Os clássicos são nas cores marinho, cinza e bege, mas já existem inumeras possibilidades criadas com a poderosa tecnologia da indústria têxtil atual. DICA:: se tiver que investir num terno com este padrão, aposte no marinho ou no cinza. Combinam com tudo e o paletó pode até ser usado como blazer, mas não abuse. LEMBRE-SE de que o seu uinforme de trabalho tem que estar em otimas condições no dia seguinte à happy hour, para a qual vc foi sem gravata (risos). Abaixo, como já ensinamos seguem 4 sugestões de camisas sociais e 4 tipos de gravatas diferentes. Com este truque, trocando de camisa e gravata todos os dias, vc dinamiza e maximiza o seu único terno.

OBS IMPORTANTE::

Todas as camisas e gravatas apresentadas acima, tem passe livre no seu escritório. REPITO :: cuidado com o colarinho muito aberto, do tipo italiano. Aposte no mais comum e por isso mais seguro, o colarinho francês, como o da foto que abre esta matéria. OUTRA COISA : a camisa azul, acima à direita deve ser usada com parcimônia, pegue leve. Em caso de reuniões formais, de trabalho, aposte sempre na camisa branca impecável, com colarinho francês e capriche na gravata de otima qualidade e com nó muito bem feito.

DICAS IMPORTANTES PARA TODOS OS TIPOS E CORES DE TERNOS ::

1 – O terno apresentado na primeira foto, é um risca-de-giz em tons de cinza. O punho tem botões que passam pelas casas, porque é um exemplo de costume feito por alfaiate. Veja o forro em padrão clássico. Nos ternos comprados prontos, os botões são fixos. Mas em ambos, o punho da camisa deve aparecer apenas um centímetro fora da manga do paletó. FICA FRIO:: os vendedores das boas marcas sabem como marcar a manga da camisa e podem te dar ótimas dicas. Exija, então.

2 – A ponta da gravata deve bater na fivela do cinto. Esta é outra regra básica da elegância masculina que anda sendo super observada para quem trabalha no universo corporativo. Ensaie e ensaie e ensaie. É como andar de bicicleta, depois de alguns tropeços, a gente nunca mais esquece.

3 – Repare a medida certa da barra da calça: 1 centímetro acima do salto do sapato. Os vendedores das boas lojas também são treinados para marcar a sua calça corretamente. Exija. IMPORTANTE: a bainha inglesa (que muitos chamam de bainha italiana), com dobra, desta ilustração, foi muito vulgarizada e caiu em desuso. UM TOQUE : prefira a bainha comum, além de dar menos trabalho, é menos perigosa na hora dos defeitos.

Autor: Tags:

Nenhum comentário, seja o primeiro.

 

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

* Campos obrigatórios


 

Responder comentário


* Campos obrigatórios